Untitled Document
visitantes online
Os Treinamentos e Escolas que ofereço existem para que se cumpra a minha Missão de Vida:
"Apontar pessoas para o sucesso, assim como se apontam flechas para os alvos" - Ricardo Ribeiro, pastor e coach
...CONHEÇA-NOS...
- Página inicial
- Sobre o Pastor Ricardo
- Referências
- Nossa agenda
- Galeria de fotos
- Galeria de vídeos
... 2981 ESTUDOS...
- Apoio para pastores
- Estudos bíblicos
- Notícias
- Reflexões
... INDO A SUA IGREJA ...
- Escola de Autoridade Territorial
- Escola de Cura das Raízes de Orfandade
- Escola Casal Super
- Escola de Libertação Financeira

... CAPACITAÇÃO PESSOAL ...
- Receba Paternidade Espiritual
- Treinamento individual por Skype
- Pastor Ricardo Ribeiro, coach
24 Janeiro em Teresópolis/RJ Escola de Liderança Avançada - Participe!
...INTERAJA...
- Cadastro de pastores
- Seja um colunista
-
Dê uma nota
-
Deixe um depoimento
- Contribua com esta obra
- Fale conosco

O profeta Jeremias
Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Pr. Odair Alves de Oliveira

 

Introdução: A reação do profeta diante de seus ouvintes foi heroica. Havia razão para ele fugir ou desanimar-se de seu ofício, se desse ouvido a eles. Diziam abertamente: “Quanto à palavra que nos anunciaste em nome do Senhor, não te obedeceremos a ti.” Jr 44. 16. Ele, porém, foi fiel.

1 – CONSTITUÍDO PROFETA POR DEUS.
Investidura: “Assim veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Antes que eu te formasse no ventre, eu te conheci; e, antes que saísses da madre, te santifiquei e às nações te dei por profeta.” Jr 1. 4. Os instrumentos de Deus são escolhidos com antecedência. Ex.: Sansão, João Batista, Paulo.
Encorajamento: “Mas o Senhor me disse: Não digas: Eu sou uma criança; porque, aonde quer que eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás.” Jr 1. 7. É fundamental o profeta crer e apoderar-se do que Deus diz, e não no que sente.
Autonomia: “Olha, ponho-te neste dia sobre as nações e sobre os reinos, para arrancares, e para derribares, e para destruíres, e para arruinares; e também para edificares e para plantares.” Jr 1. 10. O profeta estava dotado da autoridade divina em sua missão.

2 – SUA VIDA PESSOAL.
Humildade: “Então, disse eu: Ah! Senhor Jeová! Eis que não sei falar; porque sou uma criança.” Jr 1. 6. Todas as pessoas usadas por Deus sabem que a graça é quem as capacita. As pessoas mais preparadas sabem que, sem a bênção de Deus, seus ministérios serão vazios.
Restrição: “Não tomarás para ti mulher, nem terás filhos nem filhas neste lugar.” Jr 16. 2. O profeta se submeteu a esta determinação por ser obediente e leal, uma vez que o casamento não é pecado e os profetas não eram impedidos de contraí-lo.
Sensibilidade: “Estou quebrantado pela ferida da filha do meu povo; ando de luto; o espanto se apoderou de mim.” Jr 8. 21. “Por essas coisas, choro eu; os meus olhos, os meus olhos se desfazem em águas; porque se afastou de mim o consolador que devia restaurar a minha alma; os meus filhos estão desolados, porque prevaleceu o inimigo.” Lm 1. 6. Sua dor fica demonstrada nas lamentações pelo povo de Israel. Ler o livro das Lamentações de Jeremias.

3 – O PREÇO DE SEU OFÍCIO.
Ameaçado de morte: “E eu era como um manso cordeiro, que levam à matança; porque não sabia que imaginavam projetos contra mim, dizendo: Destruamos a árvore com o seu fruto e cortemo-lo da terra dos viventes, e não haja mais memória do seu nome.” Jr 11. 19. “E sucedeu que, acabando Jeremias de dizer tudo quanto o Senhor lhe havia ordenado que dissesse a todo o povo, pegaram nele os sacerdotes, e os profetas, e todo o povo, dizendo: Certamente, morrerás.” Jr 26. 8. “E disseram os príncipes ao rei: Morra este homem.” Jr 38. 4. Os profetas nem sempre são condecorados e aplaudidos; são mais vezes esquecidos e ignorados.
Preso: “Jeremias, o profeta, estava encerrado no pátio da guarda que estava na casa do rei de Judá; porque Zedequias, rei de Judá, o tinha encerrado.” Jr 32. 2-3. “Entrando, pois, Jeremias na casa do calabouço e nas suas celas, ficou ali Jeremias muitos dias.” Jr 37. 16. Nem a prisão silencia as atalaias de Deus. Ex.: Paulo e Silas.
Espancado: “E os príncipes se iraram muito contra Jeremias, e o feriram.” Jr 37. 15. Jesus disse: “Bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” Mt 5. 11-12.
Lançado na cisterna: “Então, tomaram Jeremias e o lançaram na cisterna de Malquias, filho do rei, que estava no átrio da guarda; e desceram Jeremias com cordas; mas, na cisterna, não havia água, senão lama; e atolou-se Jeremias na lama.” Jr 38. 6. Jeremias poderia questionar: onde está Deus? Mas suportou isso calado.

4 – HUMANIDADE COMPROVADA EM SEU DESABAFO.
Sensação de abandono: “E seja esse homem como as cidades que o Senhor destruiu sem que se arrependesse; e ouça ele clamor pela manhã e, ao tempo do meio-dia, um alarido.” Jr 20. 16. Ele sentia sua personalidade desmoronando-se irremediavelmente.
Amaldiçoou o dia de seu nascimento. “Maldito o dia em que nasci; o dia em que minha mãe me deu à luz não seja bendito. Maldito o homem que deu as novas a meu pai, dizendo: Nasceu-te um filho; alegrando-o com isso grandemente.” Jr 20. 14-15. Tal qual Jó – no capítulo 3 de seu livro, ele parece delirar! A não aceitação de sua mensagem e o não arrependimento do povo fizeram-no crer que não surtia efeito o seu ministério.

5 – FIDELIDADE NO DESEMPENHO DA MISSÃO.
Consciente de sua missão: “E falou Jeremias a todos os príncipes e a todo o povo, dizendo: O Senhor me enviou a profetizar contra esta casa e contra esta cidade todas as palavras que ouvistes.” Jr 26. 12. Ele estava dizendo: estou desenvolvendo o ofício a que fui chamado; fui ungido para isto.
Orientador benevolente: “Agora, pois, melhorai os vossos caminhos e as vossas ações e ouvi a voz do Senhor, vosso Deus, e arrepender-se-á o Senhor do mal que falou contra vós.” Jr 26. 13. Seu desejo era o bem das almas, da nação.
Destemido em face dos ouvintes: “Quanto a mim, eis que estou nas vossas mãos; fazei de mim conforme o que for bom e reto aos vossos olhos.” Jr 26. 14. Pareceu-se com Jesus de Nazaré neste particular; cordeiro pronto à matança. Is 53. 7.
Seguro do cuidado de Deus: “Sabei, porém, com certeza, que, se me matardes a mim, trareis sangue inocente sobre vós, e sobre esta cidade, e sobre os seus habitantes, porque, na verdade, o Senhor me enviou a vós para dizer aos vossos ouvidos todas estas palavras.” Jr. 26. 15. Conhecia a justiça divina.

Conclusão: Ser profeta é ouvir de Deus e falar ao povo.

 

Escrito por: Pr. Odair Alves de Oliveira (Maiores informações no final da página)
 
Expresse sua opinião sobre o texto acima:
Lembre-se que os artigos deste site não expressam diretamente a opinião do Apóstolo Ricardo Ribeiro, uma vez que temos um grande número de colunistas que, apesar de renomados escritores, representam diversas posições teológicas. No entanto, temos um cuidado especial para que neste site não seja defendida nenhuma heresia, por isso seu contato nos ajuda a manter a integridade de nossos estudos e o cuidado na escolha dos colunistas.
 
Nome: Email: Assunto:
Escreva aqui a mensagem para nossa Administração, sobre o texto que você acabou de ler:
Outros artigos desta coluna:
A aventura de Felipe
Duas Classes De Crente
Congregação dos ímpios.
Quem está no governo? Saul ou Davi?
Características De Um Líder
Resistindo as Tempestades da Vida.
Os três aspectos dos dons da igreja
O Evangelho Que Ninguém Prega
O que você tem feito com o templo de Deus?
 

Clique para ler este artigo
O artigo acima é colaboração de " Pr. Odair Alves de Oliveira "
Nascido em Uberaba MG, em 17 de novembro de 1952, é casado desde 21 de julho de 1973, com Orilene Felipe Néris Oliveira – Missionária.
Formado em teologia básica no Instituto Bíblico Ebenézer – Rio de Janeiro RJ; e EETAD – Campinas SP. Pastoreou Igrejas em Planaltina DF; Gurupi TO; Sobradinho DF; Gama DF; Philadelphia PA USA.
Escritor – Membro da ANE – Associação Nacional dos Escritores - DF
Site: www.pastorodair.com.br

 
Destaques

:: VOCÊ PODE MAIS ::
Novo livro do Pr. Ricardo Ribeiro, com manancial profundo sobre auto-ajuda e superação. Aquisições através do telefone (21) 996245227



:: CAPACITE-SE AINDA MAIS::
O evento acontecerá durante um dia inteiro (8 as 22 hs) em um Hotel na cidade de Teresópolis, Rio de Janeiro. Os participantes (pastores e líderes) aprenderão técnicas de aconselhamento individual e liderança de grupo dentro de uma linguagem contextualizada, levando assim para sua igreja uma liderança de nível avançado. Se você é pastor, sugerimos que se inscreva e envie seus líderes principais. Virão caravas de vários lugares do Brasil. Informe-se clicando aqui
Desenvolvido por CAQ / A2 Webstudio - Acesse: www.atendimentodequalidade.com.br