DESCUBRA SEU TALENTO ENRIQUECEDOR
Saiba como transformar seu talento em negócio
e estar acima da crise

Pastor Ricardo Ribeiro é "treinador de vidas". Há mais de 10 anos tem viajado por todo o Brasil fornecendo treinamentos para igrejas, pastores e lideranças cristãs nas áreas de batalha espiritual, adoração, finanças e casamento.

É casado com a pastora Raiza e pai de dois lindos filhos, Rafael e Rafaela. Reside na cidade de Teresópolis - RJ - onde desenvolve um ministério voltado para cuidar de famílias e consolidar vidas no amor de Cristo.

Além de pastor, é Coach Comportamental e diretor do IEC - Instituto de Educação Comportamental. Desenvolveu o revolucionário método "Descubra seu Talento Enriquecedor", podendo assim ajudar centenas de pessoas a construirem uma vida ao redor de seus melhores talentos.

Sua meta de vida é:
"Apontar pessoas para o sucesso, assim
como se apontam flechas para o alvo"

Seus treinamentos são sólidos e impactantes, e por isso alcançaram o respeito das mais variadas igrejas e denominações do país. Dentre os seus principais temas, destacam-se:

Paternidade Espiritual - Treinamento de um dia inteiro, denunciando a atuação dos espíritos de orfandade, prodigalidade e bastardia, trazendo cura e restauração na relação com a família, com a igreja e com o Criador. (solicite release com fotos e detalhes pelo formulário abaixo)

Encontro de Casais - Um final de semana no interior de sua igreja ou em local externo (sitio, hotel ou auditorio) com palestras diferenciadas acompanhadas de dinamicas especiais e palavras muito profundas, com o Pr. Ricardo e sua esposa Pra. Raiza. (solicite release com fotos e detalhes pelo formulário abaixo)

Autoridade Territorial - Treinamento de um dia inteiro, baseado na premissa de que Tudo é Território, e que para cada conquista é necessária uma açao de guerra espiritual. (solicite release com fotos e detalhes pelo formulário abaixo)

Inteligência Financeira - Treinamento de um dia inteiro, onde falamos de uma maneira profunda sobre mudança de crenças e mentalidade, acompanhado de estratégias bíblicas e treinamentos de economia, poupança e investimento. (solicite release com fotos e detalhes pelo formulário abaixo)

Descubra seu Talento Enriquecedor - Poderoso treinamento de Coaching Vocacional de um dia inteiro, onde os participantes são estimulados a explorar seus melhores talentos para alcançarem sucesso, realização e bem estar pessoal. Construir uma vida e um negócio ao redor de seu "talento enriquecedor". (solicite release com fotos e detalhes pelo formulário abaixo)

Você pode mais - Treinamento de um dia inteiro onde trabalhamos motivação e coaching a luz das escrituras, impulsionando os participantes a sairem da zona de conforto e da acomodação, mergulhando em um posicionamento e decisão para uma vida com propósitos e realização.(solicite release com fotos e detalhes pelo formulário abaixo)

RECEBA NOSSA LIGAÇÃO
se você quer tirar suas dúvidas
sobre como levar o Pr. Ricardo Ribeiro
a sua localidade.

Preencha abaixo:

Nome:  
Email:  
Assunto:  
Igreja:  
Cargo:  
Cidade/UF:  
Telefones:  
Whatsapp:  

 

 

Menu de Navegação
O profeta Jeremias
Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Pr. Odair Alves de Oliveira
 


Introdução: A reação do profeta diante de seus ouvintes foi heroica. Havia razão para ele fugir ou desanimar-se de seu ofício, se desse ouvido a eles. Diziam abertamente: “Quanto à palavra que nos anunciaste em nome do Senhor, não te obedeceremos a ti.” Jr 44. 16. Ele, porém, foi fiel.

1 – CONSTITUÍDO PROFETA POR DEUS.
Investidura: “Assim veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Antes que eu te formasse no ventre, eu te conheci; e, antes que saísses da madre, te santifiquei e às nações te dei por profeta.” Jr 1. 4. Os instrumentos de Deus são escolhidos com antecedência. Ex.: Sansão, João Batista, Paulo.
Encorajamento: “Mas o Senhor me disse: Não digas: Eu sou uma criança; porque, aonde quer que eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás.” Jr 1. 7. É fundamental o profeta crer e apoderar-se do que Deus diz, e não no que sente.
Autonomia: “Olha, ponho-te neste dia sobre as nações e sobre os reinos, para arrancares, e para derribares, e para destruíres, e para arruinares; e também para edificares e para plantares.” Jr 1. 10. O profeta estava dotado da autoridade divina em sua missão.

2 – SUA VIDA PESSOAL.
Humildade: “Então, disse eu: Ah! Senhor Jeová! Eis que não sei falar; porque sou uma criança.” Jr 1. 6. Todas as pessoas usadas por Deus sabem que a graça é quem as capacita. As pessoas mais preparadas sabem que, sem a bênção de Deus, seus ministérios serão vazios.
Restrição: “Não tomarás para ti mulher, nem terás filhos nem filhas neste lugar.” Jr 16. 2. O profeta se submeteu a esta determinação por ser obediente e leal, uma vez que o casamento não é pecado e os profetas não eram impedidos de contraí-lo.
Sensibilidade: “Estou quebrantado pela ferida da filha do meu povo; ando de luto; o espanto se apoderou de mim.” Jr 8. 21. “Por essas coisas, choro eu; os meus olhos, os meus olhos se desfazem em águas; porque se afastou de mim o consolador que devia restaurar a minha alma; os meus filhos estão desolados, porque prevaleceu o inimigo.” Lm 1. 6. Sua dor fica demonstrada nas lamentações pelo povo de Israel. Ler o livro das Lamentações de Jeremias.

3 – O PREÇO DE SEU OFÍCIO.
Ameaçado de morte: “E eu era como um manso cordeiro, que levam à matança; porque não sabia que imaginavam projetos contra mim, dizendo: Destruamos a árvore com o seu fruto e cortemo-lo da terra dos viventes, e não haja mais memória do seu nome.” Jr 11. 19. “E sucedeu que, acabando Jeremias de dizer tudo quanto o Senhor lhe havia ordenado que dissesse a todo o povo, pegaram nele os sacerdotes, e os profetas, e todo o povo, dizendo: Certamente, morrerás.” Jr 26. 8. “E disseram os príncipes ao rei: Morra este homem.” Jr 38. 4. Os profetas nem sempre são condecorados e aplaudidos; são mais vezes esquecidos e ignorados.
Preso: “Jeremias, o profeta, estava encerrado no pátio da guarda que estava na casa do rei de Judá; porque Zedequias, rei de Judá, o tinha encerrado.” Jr 32. 2-3. “Entrando, pois, Jeremias na casa do calabouço e nas suas celas, ficou ali Jeremias muitos dias.” Jr 37. 16. Nem a prisão silencia as atalaias de Deus. Ex.: Paulo e Silas.
Espancado: “E os príncipes se iraram muito contra Jeremias, e o feriram.” Jr 37. 15. Jesus disse: “Bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” Mt 5. 11-12.
Lançado na cisterna: “Então, tomaram Jeremias e o lançaram na cisterna de Malquias, filho do rei, que estava no átrio da guarda; e desceram Jeremias com cordas; mas, na cisterna, não havia água, senão lama; e atolou-se Jeremias na lama.” Jr 38. 6. Jeremias poderia questionar: onde está Deus? Mas suportou isso calado.

4 – HUMANIDADE COMPROVADA EM SEU DESABAFO.
Sensação de abandono: “E seja esse homem como as cidades que o Senhor destruiu sem que se arrependesse; e ouça ele clamor pela manhã e, ao tempo do meio-dia, um alarido.” Jr 20. 16. Ele sentia sua personalidade desmoronando-se irremediavelmente.
Amaldiçoou o dia de seu nascimento. “Maldito o dia em que nasci; o dia em que minha mãe me deu à luz não seja bendito. Maldito o homem que deu as novas a meu pai, dizendo: Nasceu-te um filho; alegrando-o com isso grandemente.” Jr 20. 14-15. Tal qual Jó – no capítulo 3 de seu livro, ele parece delirar! A não aceitação de sua mensagem e o não arrependimento do povo fizeram-no crer que não surtia efeito o seu ministério.

5 – FIDELIDADE NO DESEMPENHO DA MISSÃO.
Consciente de sua missão: “E falou Jeremias a todos os príncipes e a todo o povo, dizendo: O Senhor me enviou a profetizar contra esta casa e contra esta cidade todas as palavras que ouvistes.” Jr 26. 12. Ele estava dizendo: estou desenvolvendo o ofício a que fui chamado; fui ungido para isto.
Orientador benevolente: “Agora, pois, melhorai os vossos caminhos e as vossas ações e ouvi a voz do Senhor, vosso Deus, e arrepender-se-á o Senhor do mal que falou contra vós.” Jr 26. 13. Seu desejo era o bem das almas, da nação.
Destemido em face dos ouvintes: “Quanto a mim, eis que estou nas vossas mãos; fazei de mim conforme o que for bom e reto aos vossos olhos.” Jr 26. 14. Pareceu-se com Jesus de Nazaré neste particular; cordeiro pronto à matança. Is 53. 7.
Seguro do cuidado de Deus: “Sabei, porém, com certeza, que, se me matardes a mim, trareis sangue inocente sobre vós, e sobre esta cidade, e sobre os seus habitantes, porque, na verdade, o Senhor me enviou a vós para dizer aos vossos ouvidos todas estas palavras.” Jr. 26. 15. Conhecia a justiça divina.

Conclusão: Ser profeta é ouvir de Deus e falar ao povo.

 
O artigo acima é colaboração de " Pr. Odair Alves de Oliveira "
Nascido em Uberaba MG, em 17 de novembro de 1952, é casado desde 21 de julho de 1973, com Orilene Felipe Néris Oliveira – Missionária.
Formado em teologia básica no Instituto Bíblico Ebenézer – Rio de Janeiro RJ; e EETAD – Campinas SP. Pastoreou Igrejas em Planaltina DF; Gurupi TO; Sobradinho DF; Gama DF; Philadelphia PA USA.
Escritor – Membro da ANE – Associação Nacional dos Escritores - DF
Site: www.pastorodair.com.br

 
 
 
Outros artigos desta coluna:
Como construir amizades sólidas
Ser Obediente é Ficar Quieto Enquanto o Senhor o Conduz à Vitória
Família, meu bem mais precioso
Jesus Deixa o Sobrenatural ao Nosso Alcance
Medo x Fé ( Parte II ) - O poder da Palavra de Deus Opera eficazmente
O medo pode te impedir de viver coisas extraordinárias em Deus!
Quem Será Contra Nós?
Esforça-te, tenha bom ânimo e não temas !!!
Intimidade com Deus - Parte 2
O Rio da Graça

 

 

 

Desenvolvido IEC - (c) - 2015