Untitled Document
 
ENCONTRE O QUE PROCURA
NAVEGUE NO ATOSDOIS:
- Página inicial
- Conheça-nos melhor
- Processo de Cobertura Espiritual
- Apostolado
- Coach Comportamental - Supere-se
- Escola de Adoradores - 2014
- Nossa agenda
- Pregações em audio
- Galeria de fotos
- Galeria de vídeos

PROJETOS APOSTÓLICOS:
- Escola FLECHA NO ALVO
- Escola SOLTA O QUE É MEU
- Escola CASAL SUPER
- Palestras & pregações avulsas

NOSSOS 3019 ESTUDOS:
- Adoração
- Apoio para pastores
- Batalha Espiritual
- Casamento
- Cura Interior
- Estudos bíblicos
- Jovens libertos
- Libertação Financeira
- Liderança e Discipulado
- Notícias
- Oração e intercessão
- Reflexões

CONTATOS E INTERAÇÃO:

- Cadastro de pastores e líderes
- Seja um colunista
- Dê uma nota para este site
- Deixar um depoimento
- Semeie
- Fale conosco

online

 


 

Atenção: Os artigos deste site não expressam necessariamente a visão do Ministério Atos Dois ou do Apóstolo Ricardo Ribeiro. Nosso STAFF de colunistas é formado por mais de 100 escritores muito bem selecionados, no entanto representantes de diversas linhas de interpretação teológica. Verifique com atenção o nome do colunista, de acordo com o estudo ou artigo selecionado para leitura.
Caso você queira conhecer a linha de pensamento do Ministério Atos Dois, procure os artigos escritos pelo Apóstolo Ricardo Ribeiro, ou conheça nossas Escolas e Conferências de treinamento para pastores e igrejas.
Hoje a Pedra Sai
Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Pr. Carlos Ribeiro

 
Texto:
Mateus 24:2 Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada.
HOJE A PEDRA SAI!

INTRODUÇÃO:
O poeta escreveu sua obra-prima, onde dizia: No meio do caminho tinha uma pedra. Ao fazer essa afirmativa, ele leva o expectador a uma reflexão profunda. Mas nem de perto o poeta consegue atinar ao sentido espiritual dessa frase.

É bem verdade que a expressão “pedra no caminho” pode ser usada para representar os obstáculos que se interpõem entre um sonho e uma realização.

Outro significado para a expressão pode ser “alguém com coração insensível”.

Mas a definição espiritual pode trazer revelações ainda mais interessantes. Um desses significados está em Mateus 16.18: “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”, quando o Senhor faz o trocadilho sobre a palavra pedra. A expressão “pedra no meio do caminho” embute pelo menos 3 tipos adotados por Jesus:

1. Jesus é a pedra - Atos 4:11 - “Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina.”

2. Jesus é o meio: por isso ele morreu na cruz. Cruz significa o ponto central, onde se encontram o vertical (que liga o homem ao céu) e o horizontal (que liga o homem ao seu semelhante). E Jesus ali no meio, para que todos possam encontrá-lo.

3. Jesus é o Caminho: João 14.6.

O grande problema da pedra, é quando essa pedra se interpõe entre o plano de Deus e sua realização. Esse tipo de pedra tem que ser removido. E se não quiser sair, precisa ser despedaçada pela Palavra de Deus (Jeremias 23.29: “Não é a minha palavra fogo, diz o SENHOR, e martelo que esmiúça a penha?”).

1. Algumas pedras são tiradas pelo homem: João 11:39 - “Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias.”

2. Algumas pedra só podem ser tiradas por Deus: João 20:1 - “E, no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.”. Quem poderia ter tirado saquela pedra?

3. E existem pedras que só saem através de ação conjunta do homem e Deus: Marcos 4:16 - “E da mesma sorte os que recebem a semente sobre pedregais, que, ouvindo a palavra, logo com prazer a recebem;”. E mais: Marcos 16:14 Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados juntamente, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado.”. Davi foi um homem que, assim como qualquer mortal, cometeu algum deslize. Mas a diferença (que lhe dá o título “O Homem Segundo o Coração de Deus”) é justamente porque ele chamou Deus para tirar a pedra: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável.” - SALMOS 51.10.

CONCLUSÃO:

Davi pediu a Deus para tirar seu coração de pedra, e ele era o ungido de Deus. Ele era crente, ele era especial. Ele era rei. Mesmo assim, ele se humilhou diante do seu Deus e diante do seu profeta para admitir que tinha uma pedra no meio do caminho e que essa pedra precisava ser removida. Davi sabia que nem os anos de “crente”, nem sua posição social, nem seu poder político, nem nada nesse mundo o capacitariam para remover aquela pedra sozinho.

Davi sabia também que mesmo tendo todo o poder, o Senhor não moveria aquela pedra sem sua ajuda (não que o Senhor precise de ajuda de quem quer que seja, nem que o Senhor precise permissão para trabalhar). O Senhor, pela sua própria autoridade estqabelece o seu “modus operandi”. E, para que ninguém entre no céu dizendo que foi contra sua vontade, o Senhor te dá esse direito de trabalhar junto com Ele.

Foi assim que Davi conseguiu sair da confusão em que estava metido. Ele se entregou nas mãos do Senhor.

Os discípulos não entenderam como é que o Senhor poderia reconstruir o templo que levou 40 anos para ser levantado em apenas 3 dias. Mas o que é indicutível é que o templo indestrutível só pode ser construído se forem retiradas as pedras do templo corrompido. Daí, o Senhor faz a pergunta final: Quem pode tirar a primeira pedra?
 

Escrito por: Pr. Carlos Ribeiro (Maiores informações no final da página)
 
Expresse sua opinião sobre o texto acima:
Lembre-se que os artigos deste site não expressam diretamente a opinião do Apóstolo Ricardo Ribeiro, uma vez que temos um grande número de colunistas que, apesar de renomados escritores, representam diversas posições teológicas. No entanto, temos um cuidado especial para que neste site não seja defendida nenhuma heresia, por isso seu contato nos ajuda a manter a integridade de nossos estudos e o cuidado na escolha dos colunistas.
 
Nome: Email:
Assunto:
Escreva aqui a mensagem para nossa Administração, sobre o texto que você acabou de ler:
 
Outros artigos desta coluna:
O que você tem feito com o templo de Deus?
A Sexualidade Segundo a Bíblia
Nossa Vida, Um Altar Para Deus
Quem Está No Comando?
Deus Prefere Te Ver Alegre
O que você tem feito com o que Deus te mandou fazer?
Enquanto o povo gritava GOL, a Dilma aprovava a LEI DA PALMADA
O Amor Que a Igreja Precisa
Onde existe um Acabe há uma Jezabel ...
O Dia Seguinte do Filho Pródigo
 

Clique para ler este artigo
O artigo acima é colaboração de " Pr. Carlos Ribeiro "
Carlos Ribeiro além de pastor é filósofo, compositor e escritor de vários livros, sendo um dos mais recentes, "As 7 Colunas que Sustentam o Sucesso". Casado com Regina Célia, e pai dos pastores Ricardo Ribeiro, Eduardo Ribeiro e Missionária Marcelle. Professor de Seminário Teológico e Coordenador de Escola Bíblica Dominical desde 2003. Atualmente servindo na Igreja Batista Getsêmani em Japuíba - RJ. Contatos e convites através do email profcarlosribeiro@gmail.com

 
   

 

 

Escola FLECHA NO ALVO
Escola SOLTA O QUE É MEU
Escola CASAL SUPER
Palestras & pregações avulsas
Ajude-nos a continuar:
BB Agência 4398-2 / CC 5525-5 Após depositar não deixe de nos ligar, gostaríamos de agradecer e orar por sua vida: (21) 99624-5227 - Apóstolo Ricardo Ribeiro

Libertação Financeira

[ adquirir ]


O Calendário de Deus - Uma Revelação de Batalha Espiritual

[ adquirir ]

 


Desenvolvido por CAQ / A2 Webstudio - Acesse: www.atendimentodequalidade.com.br