Este site tem MAIS DE 3000 ESTUDOS - Faça sua busca: .

Animais endemoniados

Muitos não sabem, mas os demônios também consegue possuir animais; aliás, fazem isso com mais facilidade do que quando possuem seres humanos. É natural cachorros, gatos, porcos, etc, serem possuídos ou oprimidos por espíritos demoníacos.
Acontece que, ao contrario dos seres humanos, os animais são apenas “dicotômicos”, formados de corpo e alma; eles não tem espírito. Por outro lado os demônios são espíritos sem corpo. Juntando-se aos animais eles conseguem criar uma falsa tricotomia – corpo e alma do animal + espírito demoníaco.
Ao possuir animais os demônios podem ver o mundo material através de seus olhos, e em alguns casos até falar, através de suas cordas vocais. Geralmente lembramos apenas do caso em que os porcos ficaram endemoniados após Jesus libertar o gadareno. Lembremos também o primeiro caso de possessão demoníaca da história, relatado em gênesis, quando Satanás possuiu uma serpente, e falou através de seus lábios. Para possuir um animal o demônio cria um vínculo no qual pode, como parasita, estar ligado ao corpo e alma do mesmo.
Sugerimos que o cristão que tem animais em casa ore a Deus para que o Senhor possa proteger seu animal de qualquer ataque e investida maligna, de forma que ele não possa ser usado pelo inimigo para prejudicar a harmonia de seu lar.

Experiência: Em nosso ministério já tivemos dezenas de experiências com animais endemoniados, poderia descrevê-las aqui, porém prefiro relatar uma experiência que aconteceu com o Pr. Romildo Soares. Uma certa vez um homem que freqüentava sua igreja viu em uma encruzilhada uma galinha oferecida a demônios. A galinha estava ainda viva, porém ferida. Aquele homem ficou com pena e cuidou do animal, levando-o para casa. Alguns dias depois a galinha já saudável gerou ovos, que se transformaram em 13 pintinhos. Um certo dia na igreja, aquele homem ficou endemoniado, e o demônio o entortou fazendo-o parecer uma galinha. Rapidamente ele falou: Eu só saio quando me derem minha galinha e meus 13 pintinhos. Eu estava na encruzilhada sem fazer nada com ninguém e foram lá me provocar.

Vingança de Exú
Experiência 2: (Texto tirado de um livro de Candomblé, que mostra como demônios possuem animais) “Um homem rico tinha uma grande criação de galinhas. Certa vez, chamou um pintinho muito travesso de Exú, acrescentando vários xingamentos. Para se vingar, Exú fez com que o pinto se tornasse muito violento. Depois que se tornou galo, ele não deixava nenhum outro macho sossegado no galinheiro: feria e matava todos os que o senhor comprava. Com o tempo, o senhor foi perdendo a criação e ficou pobre. Então, perguntou a um babalaô o que estava acontecendo. O sacerdote explicou que era uma vingança de Exú e que ele precisaria fazer um ebó pedindo perdão ao Orixá. Amedrontado, o senhor fez a oferenda necessária e o galo se tornou calmo, permitindo que ele recuperasse a produção.”


O artigo acima é colaboração de: Ricardo Ribeiro
Ricardo Ribeiro é pastor presidente do Ministério Atos Dois. Oferece treinamentos para pastores e igrejas, além de cobertura espiritual para líderes. Também é fundador do Instituto de Educação Comportamental e desenvolvedor do Método DESCUBRA SEU TALENTO ENRIQUECEDOR. Sites www.atosdois.com.br e www.talentoenriquecedor.com.br

Realize em sua igreja:

Receba material de Batalha Espiritual diretamente em seu email: