Untitled Document
visitantes online
...CONHEÇA-NOS...
- Página inicial
- Sobre o Pastor Ricardo
- Referências
- Nossa agenda
- Galeria de fotos
- Galeria de vídeos
... 2982 ESTUDOS...
- Apoio para pastores
- Estudos bíblicos
- Notícias
- Reflexões
... CAPACITE SUA IGREJA ...
- Escola de Autoridade Territorial
- Escola de Cura das Raízes de Orfandade
- Escola Casal Super
- Escola de Libertação Financeira

... CAPACITAÇÃO PESSOAL ...
- Receba Paternidade Espiritual
- Treinamento individual - Via Internet
- Coaching - Desate sua vida
24 Janeiro em Teresópolis/RJ Escola de Liderança Avançada - Participe!
...INTERAJA...
- Cadastro de pastores
- Seja um colunista
-
Dê uma nota
-
Deixe um depoimento
- Contribua com esta obra
- Fale conosco

A oração clamorosa do rei Ezequias
Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Pr. Odair Alves de Oliveira

 
Introdução: O profeta Isaías foi enviado ao rei Ezequias com uma mensagem chocante, de morte. Deus exige que o rei proceda com fidelidade em suas últimas horas de vida. Ezequias é avisado que sua morte é iminente. O profeta se retira da presença do rei com sua missão cumprida.
1 – O DIFÍCIL OFÍCIO DE SER PROFETA. O profeta se rendia ao senhorio de Deus. Não poderia trabalhar “sua popularidade”. Era servo porta-voz para orientar, corrigir, premiar, exortar ou para dar a palavra de condenação. Seria fácil a entrega de mensagens simplesmente consoladoras e generosas. A vida do profeta estava sempre ameaçada em razão de ser, algumas vezes, contundente.
2 – A MENSAGEM NÃO PODE SER MODIFICADA. Reside aqui a fidelidade do mensageiro do Senhor Deus. A presença de Deus em sua vida lhe dava coragem e destemor para vaticinar a vontade de Deus. A autenticidade da mensagem era de seu dever contínuo. Naqueles dias, Ezequias adoeceu de uma enfermidade mortal; e veio a ele Isaías, filho de Amoz, o profeta, e lhe disse: Assim diz o Senhor: Põe em ordem a tua casa, porque morrerás e não viverás. Is 38. 1. Isaías não fez “média” com o rei. Não ficou “falando sobre as coisas que o rei mais estimava”. Falou a verdade que Deus determinou.
3 – DEUS NÃO DÁ AO SEU PROFETA A LIBERDADE DE ESCOLHER OS DESTINATÁRIOS DE SUA PALAVRA. Nenhuma discriminação deverá mover o profeta de Deus. Um deles ouviu do Senhor dos Exércitos: Mas o Senhor me disse: aonde quer que eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás. Jr 1. 7.
4 – O REI OUVIU A VOZ DO PROFETA EM SILÊNCIO. Não houve nenhum questionamento ao profeta por parte do rei Ezequias. Ele sabia da veracidade da palavra do profeta fiel.
5 – O REI PROCEDEU COM A MAIOR SABEDORIA DIANTE DA PALAVRA “FÚNEBRE”. Assustado, claro, mas sem desesperar-se, Ezequias parte para a busca de escape da mensagem do profeta, que sabe ser verdadeira. Sozinho, ele se fecha em seus aposentos e clama ao Todo-Poderoso em oração. Então, virou Ezequias o rosto para a parede e orou ao Senhor. E disse: Ah! Senhor, lembra-te, peço-te, de que andei diante de ti em verdade e com coração perfeito e fiz o que era reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo. Is 38. 2-3.
6 – ELE NÃO BUSCOU A DEUS SOMENTE NO MOMENTO DA AFLIÇÃO. O rei Ezequias, de acordo com seu histórico, buscou a Deus constantemente durante toda a sua vida. Era temente e obediente a Deus. Deus ouviu e honrou a petição dele. No Senhor, Deus de Israel, confiou, de maneira que, depois dele, não houve seu semelhante entre todos os reis de Judá, nem entre os que foram antes dele. Porque se chegou ao Senhor, não se apartou de após ele e guardou os mandamentos que o Senhor tinha dado a Moisés. Assim, foi o Senhor com ele; para onde quer que saía, se conduzia com prudência. II Rs 18. 5-7.
7 – DEUS MUDOU SEU PLANO COM EZEQUIAS. Deus ordenou que seu profeta retornasse ao rei e reformulasse a profecia. O profeta não se incomodou sobre sua pessoa ser posta em dúvida ou sua profecia, mas com o plano e vontade de Deus. Então, veio a palavra do Senhor a Isaías, dizendo: Vai e dize a Ezequias: Assim diz o Senhor, o Deus de Davi, teu pai: Ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas; eis que acrescentarei aos teus dias quinze anos. Is 38. 4-5. Deus pode reduzir o tempo de vida e pode multiplicar os anos das pessoas, segundo seus propósitos.
8 – O UNIVERSO ATENDE AO COMANDO DE DEUS. A prova da cura do rei Ezequias foi com uma senha, um sinal inédito: E isto te será da parte do Senhor como sinal de que o Senhor cumprirá esta palavra que falou: eis que farei que a sombra dos graus, que passou com o sol pelos graus do relógio de Acaz, volte dez graus atrás. Is 38. 7-8. O fato predito ocorreu: Assim, recuou o sol dez graus pelos graus que já tinha andado. Is 38. 8.
9 – AS EXIGÊNCIAS DE DEUS SÃO PROVAS DE SEU AMOR. A “fórmula” para a vida de comunhão com Deus e paz com a consciência estão no arrependimento dos pecados e fé em sua graça. Deus exige que o pecador se arrependa e se converta. O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho. Mc 1. 15.
10 – A VIDA É A OPORTUNIDADE ÚNICA DE CONVERTER-SE A DEUS. Não há reconciliação após a morte. E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo. Hb 9. 27. O fato mais triste da vida humana é morrer sem estar em paz com Deus. Por essa razão a igreja apregoa o evangelho que é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. Jesus disse: Quem crer e for batizado será salvo, quem não crer será condenado. Mc 16. 16.
Conclusão: A soberania de Deus não sofre ranhuras quando Ele muda seus planos. Seu amor sempre nos surpreende. Ninguém poderá reclamar ou questionar a perda de sua alma com Deus; Ele nunca permite que alguém morra sem antes ter tido a oportunidade de crer nEle e obedecer a Ele, ainda que seja por meio da fé pelos elementos reveladores da natureza.

 

Escrito por: Pr. Odair Alves de Oliveira (Maiores informações no final da página)
 
Expresse sua opinião sobre o texto acima:
Lembre-se que os artigos deste site não expressam diretamente a opinião do Apóstolo Ricardo Ribeiro, uma vez que temos um grande número de colunistas que, apesar de renomados escritores, representam diversas posições teológicas. No entanto, temos um cuidado especial para que neste site não seja defendida nenhuma heresia, por isso seu contato nos ajuda a manter a integridade de nossos estudos e o cuidado na escolha dos colunistas.
 
Nome: Email: Assunto:
Escreva aqui a mensagem para nossa Administração, sobre o texto que você acabou de ler:
Outros artigos desta coluna:
A aventura de Felipe
Duas Classes De Crente
Congregação dos ímpios.
Quem está no governo? Saul ou Davi?
Características De Um Líder
Resistindo as Tempestades da Vida.
Os três aspectos dos dons da igreja
O Evangelho Que Ninguém Prega
O que você tem feito com o templo de Deus?
 

Clique para ler este artigo
O artigo acima é colaboração de " Pr. Odair Alves de Oliveira "
Nascido em Uberaba MG, em 17 de novembro de 1952, é casado desde 21 de julho de 1973, com Orilene Felipe Néris Oliveira – Missionária.
Formado em teologia básica no Instituto Bíblico Ebenézer – Rio de Janeiro RJ; e EETAD – Campinas SP. Pastoreou Igrejas em Planaltina DF; Gurupi TO; Sobradinho DF; Gama DF; Philadelphia PA USA.
Escritor – Membro da ANE – Associação Nacional dos Escritores - DF
Site: www.pastorodair.com.br

 
Destaques

:: VOCÊ PODE MAIS ::
Novo livro do Pr. Ricardo Ribeiro, com manancial profundo sobre auto-ajuda e superação. Aquisições através do telefone (21) 996245227



:: CAPACITE-SE AINDA MAIS::
O evento acontecerá durante um dia inteiro (8 as 22 hs) em um Hotel na cidade de Teresópolis, Rio de Janeiro. Os participantes (pastores e líderes) aprenderão técnicas de aconselhamento individual e liderança de grupo dentro de uma linguagem contextualizada, levando assim para sua igreja uma liderança de nível avançado. Se você é pastor, sugerimos que se inscreva e envie seus líderes principais. Virão caravas de vários lugares do Brasil. Informe-se clicando aqui
Desenvolvido por CAQ / A2 Webstudio - Acesse: www.atendimentodequalidade.com.br