Untitled Document
visitantes online
...CONHEÇA-NOS...
Página inicial
Sobre o Pastor Ricardo
Referências
Nossa agenda
Galeria de fotos
Cadastro de pastores
Receba Paternidade
Deixe um depoimento
Loja Virtual (novo)
Fale conosco
... 3056 ESTUDOS & ESBOÇOS ...
Apoio para pastores
Estudos bíblicos
Notícias
PNL Bíblica
Reflexões
Superação e Motivação
Estudos do Ap. Ricardo
Procure aqui:
... NÓS EM SUA IGREJA ...
Congresso de Batalha Espiritual
Congresso de Autoridade Territorial
Congresso de Paternidade Espiritual
Congresso / Encontro de Casais
Congresso de INTELIGÊNCIA Financeira
Outros temas variados

Convite: Escola INTELIGÊNCIA FINANCEIRA

... COACHING ...
- Coaching Comportamental
- Coaching in Company
- Palestras Motivacionais
Contatos do Ap. Ricardo:
Vivo e Zap: 21 996245227
Tim: 21 981116787
Convencional: 21 36415030

O poder da língua II
Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Pr. Evanildo Cardoso

 
O poder da língua II

Texto base: (Tg. 3: 1-12)

Introdução
“A língua... é inflamada pelo inferno.”

Quando falamos que estamos vivendo num tempo de restauração de todas as coisas (At. 3:21) pontuamos que a Igreja de Jesus está recebendo uma Visão e uma Linguagem curadas, que vão produzir em nós reforma. Jesus quando falava transmitia poder de sua boca, pois tudo o que Ele ministrava era respaldado pela ação do Espírito Santo cumprindo a sua palavra. Ele disse que nós faríamos as mesmas obras que ele fez e ainda maiores. Mas o que vemos muitas vezes na vida da igreja, foi o que aconteceu com alguns apóstolos, que por causa da língua abriram portas para demônios influenciarem suas vidas.

Desenvolvimento
Estamos buscando reviver os tempos da Igreja primitiva onde os milagres eram abundantes, as pessoas tinham temor e viviam uma fé genuína. Os fariseus foram repreendidos duramente por Jesus, porque ensinavam uma coisa e viviam outra. Eram apenas religiosos, que se achavam melhores que os outros, mas na verdade seu coração estava longe de Deus. A Bíblia diz que, a boca fala do que o coração está cheio. Infelizmente a Igreja de Jesus deixa-se contaminar pelas palavras que saem de sua boca.

Há muitos discípulos que estão caminhando com Jesus, mas parecem não conhecerem o Senhor. Pessoas que apesar de conhecerem a Palavra de Deus e estarem num Ministério comprometido com o ensino da Palavra, andam contaminando com sua língua. A Bíblia diz que o homem receberá juízo pelo que fala sua língua: “Mas eu vos digo que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo.” (Mt.12:36). Pessoas que se queixam de tudo e de todos, sempre têm algo a falar de alguém, deixam se contaminar na mente e acabam sendo vasos para desonra. Os vasos para honra na casa de Deus são usados com uma boa linguagem, uma linguagem de fé que respaldo seus irmãos e seus líderes e não uma linguagem que os afundem. TOME CUIDADO MEU IRMÃO! Por suas palavras serás justificado ou por suas palavras serás condenado diante de Deus (Mt. 12:37).

Arão e Miriam se levantaram contra Moisés seu líder, falando o que não deveriam falar (Nm.12: 1-11, Ler). Miriam ficou leprosa na hora. Quantas pessoas estão quebrando a aliança com Deus por falar o que não deve! Comentários, fofocas, coisas que não edificam, ciúmes, comentários de alma ferida que se torna em pecado, falar mal um irmão do outro, tudo isso vira maldição. Aqueles que querem andar espiritualmente debaixo de uma cobertura de benção não devem falar o que não se pode falar. A maledicência é pecado e grave! Os murmuradores vão arder no inferno! No céu a linguagem tem que ser santa. Como anda sua língua?

Crentes derrotados são aqueles que mais murmuram e reclamam da vida. Isso representa ingratidão com Deus. O povo de Israel ficou rodando em círculo no deserto porque tinha uma língua muito grande. Reclamavam do líder Moisés, reclamavam das bênçãos que Deus dava, reclamavam da liberdade que Deus deu, reclamavam de tudo! Incrível a semelhança de alguns crentes de hoje com aquele povo. Deus precisou deixar morrer os murmuradores no deserto para cumprir a promessa àqueles que tiveram a linguagem da fé. Se você realmente não quiser morrer no deserto meu irmão, começa a mudar sua linguagem. Pare de fazer determinados comentários sobre a vida de seu irmão, irmã ou de seu líder. Não admita que alguém comece comentários de pessoas que não estão presentes, pois se você estiver ouvindo também está participando. Saia fora da aparência do mal querido!

Conclusão
Deus está esperando uma atitude diferente de nossos lábios para nos abençoar. Não poderemos ser uma fonte dupla, onde saem às bênçãos e também sai maldição. Isso não é de Deus! Estamos recebendo em nossa vida o que estamos semeando com nossa boca e aí o que você quer receber?

Pense:

- Qual tem sido a semente que eu tenho plantado em minha vida, com a minha boca?
- O que fazer para não ficar leproso nem morrer no deserto?
- Minha língua se converteu?



Pr. Evanildo Cardoso Nascimento
Ministério Rhema Shammah
milharesdemilhares@hotmail.com

 

  Você pode fazer um treinamento inividual sobre este ou um de nossos outros temas VIA SKYPE (video conferencia em tempo real) com o Pastor Ricardo Ribeiro ou um dos mestres do Ministério Apostólico Atos Dois. Clique aqui e saiba maiores informações.  


Escrito por: Pr. Evanildo Cardoso (Maiores informações no final da página)
 
Expresse sua opinião sobre o texto acima:
Lembre-se que os artigos deste site não expressam diretamente a opinião do Apóstolo Ricardo Ribeiro, uma vez que temos um grande número de colunistas que, apesar de renomados escritores, representam diversas posições teológicas. No entanto, temos um cuidado especial para que neste site não seja defendida nenhuma heresia, por isso seu contato nos ajuda a manter a integridade de nossos estudos e o cuidado na escolha dos colunistas.
 
Nome: Email: Assunto:
Escreva aqui a mensagem para nossa Administração, sobre o texto que você acabou de ler:
Outros artigos desta coluna:
O medo pode te impedir de viver coisas extraordinárias em Deus!
Quem Será Contra Nós?
Esforça-te, tenha bom ânimo e não temas !!!
Intimidade com Deus - Parte 2
O Rio da Graça
Escudo Que Brilha Reflete As Flechas Espirituais
Onde Foi Que Eu Errei?
A Alegria Precisa Ser Alimentada
O Maior Motivo de Todos
A aventura de Felipe
 

O artigo acima é colaboração de " Pr. Evanildo Cardoso "
Pastor Evanildo Cardoso Nascimento é pastor do Ministério Rhema Shammah na cidade de Búzios/ RJ. O Ministério trabalha dentro da Visão Celular no Modelo dos Doze e é um ministério novo. Nossa Visão é alcançar as vidas e famílias e transformar homens e mulheres comuns em líderes de êxito.

 
Destaques

 

Adquira nossos DVDs e livros diretamente em nossa loja virtual, e receba o material diretamente no conforto de sua residência.

Aproveite!
Clique aqui

 

:: AGENDA 2015 ABERTA ::

A agenda do Pr. Ricardo Ribeiro já está disponível. Saiba mais sobre sua proposta de trabalho para 2015 e agende uma visita em sua igreja:

- Congresso de Batalha Espiritual
- Congresso de Autoridade Territorial
- Congresso de Paternidade Espiritual
- Congresso / Encontro de Casais
- Congresso de INTELIGÊNCIA Financeira
- Outros temas variados


Kit de treinamento de Batalha Espiritual, constituído composto por quatro DVDs com os seguintes temas ministrados pelo Apóstolo Ricardo Ribeiro: 

1. O Mundo Espiritual  
2. Anjos e Demônios 
3. Libertação  
4. Quebra de Maldições. 


O valor do frete está incluso no valor (somente para o Brasil)

Treinamento de Batalha Espiritual

* Preço incluindo frete por correio, em territorio nacional.

Kit com 5 Dvds com cerca de 10 horas de treinamentos da Escola de Liderança Avançada, realizado pelo Ap. Ricardo Ribeiro e colaboradores especiais.

Dentre os assuntos tratados:

- A liderança do Eu
- Liderança Assertiva
- Como utilizar o Rapport no aconselhamento 
- Liderança servidora
- Liderando em tempos de crise

O material é completo, filmado em alta definição no centro de convenções do Hotel Vila Nova, em Teresópolis Rj.

Kit de treinamento: Escola de Liderança Avançada

* Preço incluindo frete por correio, em territorio nacional.

Desde o início das civilizações e da relação de Deus com os homens, ficou muito claro o cuidado do Eterno com os nomes. Não é coincidência o fato de locais e pessoas da Bíblia terem nomes que explicam exatamente quem são. Babilônia significa confusão, Jerusalém, Paz.
Percebi que por onde Deus “passava” e via um nome desalinhado com seus propósitos, Ele mesmo corrigia o nome. Foi assim com Abraão, Sara, Israel, Paulo, Pedro.

Como Igreja, devemos fazer o mesmo, principalmente em relação ao Nome de Deus, fazendo assim cumprir-se a oração do Pai Nosso: “Santificado seja o Teu Nome”.

Qual será o verdadeiro nome de Deus? Qual será o nome do Filho? Sobre isso falaremos com profundidade neste livro.

Formato: 18 x 11 - 84 páginas.

Livro: O Nome de Deus





Desenvolvido por CAQ / A2 Webstudio - Acesse: www.atendimentodequalidade.com.br