Saiba como definir uma vida com propósitos e seu próprio negócio usando seus maiores talentos como base.

Pastor Ricardo Ribeiro é "treinador de vidas". Há mais de 10 anos tem viajado por todo o Brasil fornecendo treinamentos para igrejas, pastores e lideranças cristãs nas áreas de batalha espiritual, adoração, finanças e casamento.

É casado com a pastora Raiza e pai de dois lindos filhos, Rafael e Rafaela. Reside na cidade de Teresópolis - RJ - onde desenvolve um ministério voltado para cuidar de famílias e consolidar vidas no amor de Cristo.

Além de pastor, é Coach Comportamental e diretor do IEC - Instituto de Educação Comportamental. Desenvolveu o revolucionário método "Descubra seu Talento Enriquecedor", podendo assim ajudar centenas de pessoas a construirem uma vida ao redor de seus melhores talentos.

Sua meta de vida é:
"Apontar pessoas para o sucesso, assim como se apontam flechas para o alvo"

Seus treinamentos são sólidos e impactantes, e por isso alcançaram o respeito das mais variadas igrejas e denominações do país. Dentre os seus principais temas, destacam-se:

Paternidade Espiritual - Treinamento de um dia inteiro, denunciando a atuação dos espíritos de orfandade, prodigalidade e bastardia, trazendo cura e restauração na relação com a família, com a igreja e com o Criador.

Encontro de Casais - Um final de semana no interior de sua igreja ou em local externo (sitio, hotel ou auditorio) com palestras diferenciadas acompanhadas de dinamicas especiais e palavras muito profundas, com o Pr. Ricardo e sua esposa Pra. Raiza.

Autoridade Territorial - Treinamento de um dia inteiro, baseado na premissa de que Tudo é Território, e que para cada conquista é necessária uma açao de guerra espiritual.

Inteligência Financeira - Treinamento de um dia inteiro, onde falamos de uma maneira profunda sobre mudança de crenças e mentalidade, acompanhado de estratégias bíblicas e treinamentos de economia, poupança e investimento.

Descubra seu Talento Enriquecedor - Poderoso treinamento de Coaching Vocacional de um dia inteiro, onde os participantes são estimualdos a explorarem seus melhores talentos para alcançarem sucesso, realização e bem estar pessoal. Construir uma vida ao redor de seu "talento enriquecedor".

Você pode mais - Treinamento de um dia inteiro onde trabalhamos motivação e coaching a luz das escrituras, impulsionando os participantes a sairem da zona de conforto e da acomodação, mergulhando em um posicionamento e decisão para uma vida com propósitos e realização.

Preencha o formulário abaixo para contatos, dúvidas ou saber como realizar um evento com o pastor Ricardo Ribeiro no interior de sua igreja.

Nome:  
Email:  
Assunto:  
Igreja:  
Cargo:  
Cidade/UF:  
Telefones:  
Whatsapp:  

 

 

Menu de Navegação
Geração vai e geração vém, o que estou fazendo para marcar a minha geração?
Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Pr. Osmarino Araújo
 


“GERAÇÃO VAI... E GERAÇÃO VEM...

O que estou fazendo para marcar a minha geração



TEXTO CHAVE: ECLESIASTES 1:4 "Gerações vêm e gerações vão, mas a terra permanece para sempre".


INTRODUÇÃO: Uma geração é um tempo, uma etapa, um período determinado da nossa existência, em que nos propomos a representar algo que defina nossa passagem pela vida. Nossos pais viveram e, provavelmente, já passaram; eles tiveram sua chance, sua oportunidade em sua geração. Agora é a nossa vez. Temos a oportunidade de mexer, ou não, com as bases da nossa geração. Esse é o grande desafio do pregador. Nossos ancestrais passaram por aqui, mas, será que eles deixaram sua marca na história? Quero dizer: uma boa impressão na história. Será que eles construíram algo de bom para contribuir com nossa cidade, nossa nação e nossa história? Quantos deixaram um legado legítimo como modelo e referência? O texto de Eclesiastes exclama esse desafio como se o pregador estivesse questionando. Uma geração veio e se foi, outra geração veio logo após aquela e nada de novo aconteceu na terra, na história e na sociedade. Essa nova geração não fez muita diferença da primeira, não mexeu em nada, não alterou nenhum curso e nem abriu nenhuma nova fronteira, apenas veio e passou sem deixar vestígios.


I - A GERAÇÃO QUE PASSA SEM DEIXAR VESTÍGIOS

A) Essa geração é aquela dos anônimos; dos despercebidos; dos descomprometidos; dos alienados. Eles não lutam por nada, não se esforçam em nada, não se importam com nada e não se incomodam; é como se tudo o que acontece em seu contexto não lhes causasse um pingo de curiosidade em saber o que aquilo representa. Eles foram acomodados em seu mundo e não buscam novas experiências, são indiferentes e alheios a tudo o que acontece em seu redor. São individuais, não participam e nem compartilham com os outros por representarem uma geração egoísta.

B) Uma geração como essa vai passar sem ser vista, mencionada ou percebida, porque ninguém lembrará deles. Eles não têm feitos para que alguém possa comemorar. Essa é uma geração passiva.

C) Nós estamos sendo confrontados pela verdade da Palavra de Deus a não nos conformarmos com essa geração (Romanos 12: 2 "Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.). Não podemos passar sem sermos vistos e sem deixarmos nossa boa marca. Deus nos desafia a sermos bênção para a nossa geração (Gênesis 12: 2 “Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção"). Somos verdadeiras sementes do plano de Deus na terra; temos que nos lançar neste solo e deixar a vida de Deus crescer e frutificar através de nós.


II – A GERAÇÃO QUE DEIXA SUA IMPRESSÃO NEGATIVA

A) Essa é uma geração que optou por obras sofridas e vergonhosas; quando pensamos em alguns personagens dessa geração, o que nos vem à lembrança é um pensamento triste e desagradável, porque eles marcaram a história de uma maneira negativa, trágica e inconseqüente.

B) Eles ficaram conhecidos como alcoólatras, drogados, homicidas, ladrões, assaltantes, traficantes, terroristas, defraudadores, desonestos, fracassados, falidos, etc. Essa é uma geração que deixou rastros de miséria, dor e sofrimento, tanto para si mesmo como para aqueles que estavam ao seu redor, fazendo parte do seu convívio, bem como para sua própria descendência, a qual já nascerá comprometida, estando fadada a ser uma geração socialmente estigmatizada.

C) Nós precisamos marcar a nossa geração com uma lembrança positiva, para que alguém no futuro possa falar bem de nós. Não podemos ser motivo de vergonha e desconforto para os nossos filhos, netos, bisnetos e a todos que nos descenderão. Embora sejamos jovens, hoje, as nossas obras servirão de alicerce para o nosso futuro, tanto para nós quanto para os que vierem depois de nós. Precisamos pensar no que estamos construindo, em que fundamento estamos edificando, porque o tempo, através das circunstâncias, irá provar as nossas obras.


III – A GERAÇÃO QUE DEIXA UMA BOA IMPRESSÃO

A) Esta geração é diferente, é especial. Ela não gosta da mesmice. Ela representa os inconformados e insatisfeitos. São os que reagem a algo que está errado, que não aceitam o que é desagradável e vil. São os que possuem bom gosto, que têm zelo pelo que é santo, decente e construtivo. Eles não ficam na passividade; lutam, se esforçam, investem, vencem o medo, derrubam muralhas e se projetam.

B) Esta é a geração que busca a sabedoria, a inteligência. Eles estudam, trabalham, constróem, sonham, planejam, inventam e pagam o preço que for até alcançarem o seu propósito principal. Eles aprenderam a remir o seu tempo, o qual lhes é muito precioso. Não desperdiçam as oportunidades com coisas sem propósitos (Efésios 5: 15-16 "Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus" ). Essa é uma geração comprometida e preocupada com sua própria geração.

C) Essa geração tem um propósito, uma meta, um alvo. Eles lutam para não serem desclassificados; eles querem o primeiro lugar em tudo, eles buscam qualidade (1 Coríntios 9: 24-27 "Vocês não sabem que de todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio. Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre. Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar. Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado").

D) Deus quer que você deixe uma boa impressão na sua geração, não deixe que ela venha e passe sem que você tenha feito algo de bom. Não deixe passar a sua oportunidade, a sua vez. Faça algo! Faça com prazer, com dedicação, com fé e confiança no seu Deus, que é o seu maior incentivador. Projete-se! Lembre-se: Projetar-se é ir para frente!



CONCLUSÃO

A nossa geração está sendo desafiada a mexer no curso da história. Por isso, sinta-se desafiado a fazer diferença com seu modo de ver, de ser e de crer.





Pr. Osmarino Correia de Araújo



 
O artigo acima é colaboração de " Pr. Osmarino Araújo "
Pastor Osmarino Araújo é o pastor titular da Comunidade Evangélica Atos II, localizada no bairro da Taquara, Rio de Janeiro /RJ. É um jovem pregador avivalista, compositor e ministro de louvor. Natural do Amazonas, casado, e pai de quatro filhos, iniciou seu ministério como missionário na capital e no interior de seu Estado natal. Ministra com uma forte unção da Palavra de Deus e o louvor profético, sendo reconhecido como um adorador extravagante, apaixonado e insaciável.

 
 
 
Outros artigos desta coluna:
Como construir amizades sólidas
Ser Obediente é Ficar Quieto Enquanto o Senhor o Conduz à Vitória
Família, meu bem mais precioso
Jesus Deixa o Sobrenatural ao Nosso Alcance
Medo x Fé ( Parte II ) - O poder da Palavra de Deus Opera eficazmente
O medo pode te impedir de viver coisas extraordinárias em Deus!
Quem Será Contra Nós?
Esforça-te, tenha bom ânimo e não temas !!!
Intimidade com Deus - Parte 2
O Rio da Graça

 

 

 

Desenvolvido IEC - (c) - 2015