Untitled Document
 
ENCONTRE O QUE PROCURA
NAVEGUE NO ATOSDOIS:
- Página inicial
- Nossa agenda
- Pregações em audio
- Galeria de fotos
- Galeria de vídeos
- Objetivo do Atos Dois
- Quem nos cobre
- Receba Paternidade (cobertura)
- Sem fins lucrativos
- Apostolado
- Escola de Adoradores - 2014

NOSSOS 3018 ESTUDOS:
- Adoração
- Apoio para pastores
- Batalha Espiritual
- Casamento
- Cura Interior
- Estudos bíblicos
- Jovens libertos
- Libertação Financeira
- Liderança e Discipulado
- Notícias
- Oração e intercessão
- Reflexões

CONTATOS E INTERAÇÃO:
- Cadastro de pastores e líderes
- Seja um colunista
- Dê uma nota para este site
- Deixar um depoimento
- Semeie
- Fale conosco

PROJETOS APOSTÓLICOS:
- Projeto FLECHA NO ALVO
- Projeto SOLTA O QUE É MEU
- Projeto CASAL SUPER


online
 

Atenção: Os artigos deste site não expressam necessariamente a visão do Ministério Atos Dois ou do Apóstolo Ricardo Ribeiro. Nosso STAFF de colunistas é formado por mais de 100 escritores muito bem selecionados, no entanto representantes de diversas linhas de interpretação teológica. Verifique com atenção o nome do colunista, de acordo com o estudo ou artigo selecionado para leitura.
Caso você queira conhecer a linha de pensamento do Ministério Atos Dois, procure os artigos escritos pelo Apóstolo Ricardo Ribeiro, ou conheça nossas Escolas e Conferências de treinamento para pastores e igrejas.
As maldições não quebradas
Tipo: Estudos bíblicos / Autor: Pr. Evanildo Cardoso

 

Nº 09)
As maldições não quebradas

Texto: (Gl. 3:13-14)

Introdução
A obra da Cruz feita por Jesus, foi plena, perfeita, poderosa. Tudo foi conquistado pelo Senhor no Calvário. Não temos que realizar outras obras para nos justificar diante do Pai celeste. Jesus fez tudo. Como o texto de Gálatas diz: “Cristo nos resgatou da maldição da lei...”, ou seja, Deus te põe em liberdade e te abençoa. A única coisa que devemos fazer é nos entregar a Ele reconhecendo que é o único Caminho que vai nos levar ao Pai. Ele rasgou todo o escrito de dívida que era contra nós e por isso podemos ser livres de todo o embaraço. Se fez maldição em nosso lugar. A maldição da lei se traduz por três coisas básicas: enfermidade, miséria e morte. Todos que têm demonstrado persistentes em suas vidas, alguns destes frutos malignos, estão de alguma forma debaixo de uma maldição. Podem e devem ser livres. Em Josué no capítulo 6:16-18 e 7:10-13, vemos que Deus havia dado uma ordem através do líder Josué, para que o povo não tocasse em nada que pertencesse aquele povo que estava sendo conquistado, pois tais coisas estavam contaminadas espiritualmente. Acã desobedeceu e atraiu uma maldição para todo Israel e para ele também. Os judeus quando escolheram Barrabás e mandaram matar a Jesus pediram que o sangue daquele justo caísse sobre eles e sobre seus filhos e foram duramente amaldiçoados (Mt. 27:25), vide o massacre de Hitler. Por isso Daniel nos ensina no capítulo 9:1-14 que podemos interceder pelo pecado dos nossos antepassados com arrependimento, quebrando a legalidade da maldição.

Desenvolvimento
Precisamos entender que O Senhor levou sobre si as nossas enfermidades, nossos pecados, nossas dores ( Is. 53), mas muitos ainda vivem debaixo do domínio destas coisas, porque não tomaram posse espiritualmente desses benefícios. Não alcançam o benefício por não aceitarem o conhecimento que Deus tem ministrado (Os. 4:6-8). A maldição também foi levada na cruz. Temos portanto que nos apropriar desse benefício, quebrando os vínculos dos pecados não confessados (Sl. 32:1-5), para que não tenhamos legalidade da parte do inferno contra a nossa vida. Pecado tem nome: mentira, roubo, falsidade, desejo da carne, maledicência, sensualidade, impureza, lascívia, luxúria (desejo carnal desenfreado, sensualidade), idolatria, feitiçaria. Muitos crentes estão presos em maldições, pois pecaram no varejo e querem confessar no atacado, isto é, não declaram em confissão o seu ato pecaminoso, só pedem perdão por sua multidão de pecados. Desta forma o inimigo tem direito legal de entrar na vida dessas pessoas pois não há arrependimento pessoal daquele pecado. Enquanto o pecado estiver no oculto satanás se moverá, mas quando você traz para a luz confessando ao Pai o seu pecado, Deus aniquila as ações do diabo (1Jo. 1:7-9). A Igreja do Senhor só pode fazer aquilo que Jesus fez. Se curamos foi porque Ele curou. Se libertamos foi porque Ele libertou. Se Ele quebrou as maldições então podemos e devemos quebrar também. Pôr os cativos em liberdade.
Libertação é para crente não para ímpio. O não crente, precisa primeiro estar em condição de ser liberto, através de aceitar a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal. Essa é a primeira condição para a libertação. Quem liberta é Jesus, mas para isso a pessoa tem que querer. Esta obra será feita através da oração, pois quem convence o homem do pecado é O Espírito Santo. Se você expulsar o demônio de uma pessoa não crente ou quebrar uma maldição na vida dela e ela não receber a Jesus, não adianta. Infelizmente quando ela voltar para seu Oikos (ambiente) de vida, virão sete espíritos piores para afligi-la (Mt. 12:43-45). Mas realmente há crentes debaixo de algumas maldições? Por que? Poderemos ver abaixo alguns sinais e motivos:
1- Crentes fiéis mas que vivem enfermos (doenças hereditárias).
2- Crentes que lutam mas não conseguem deixar algum pecado (portas abertas no passado).
3- Crentes que não conseguem prosperar nas finanças e no trabalho (maldições de derrota financeira).
4- Crentes que sofrem os mesmos malefícios de seus antepassados (maldições hereditárias).
5- Crentes sinceros mas que não conseguem crescer espiritualmente (amarras de pecado não confessado, aprisionamento).
6- Crentes que não conseguem liberar perdão (amargura na alma).
7- Crentes com a família totalmente derrotada (maldição familiar).
8- Crentes que não são felizes no casamento (maldição familiar de separação de casais).

Conclusão
Estas coisas acontecem porque existem causas que ainda persistem em permanecer. O que fazer então? Trazer para luz, confessar e deixar (Pv. 28:13). Não podemos continuar permitindo que o diabo roube aquilo que Deus nos deu: A Liberdade em Cristo! Pertence a nós de fato, mas precisamos nos posicionar como filhos, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo. Segundo o livro de provérbios, “...a maldição sem causa não prospera.” (Pv. 26:2). Retire toda sujeira que estava escondida na sua vida meu irmão. Confesse tudo aquilo que está oculto. Adultério, fornicação, roubo, homossexualismo. Um dia você cometeu algo mas muitas coisas você ocultou, não declarou, não confessou. Saiba que a limpeza total da sua casa espiritual vai depender da tua confissão, chame um irmão (Pastor, líder, discipulador) de confiança e quebre toda maldição (Tg. 5:16). Deus quer te sarar completamente. Então seremos livres para conquistarmos e levarmos outros a liberdade em Cristo. Seja livre, pois “se o Filho te libertar verdadeiramente serás livre” (Jo. 8:36).
Pense:
- Há sinais de maldição não quebradas na sua vida?
- Você conhece algum crente que sofre por causa de maldição?
- O que falta para que a Igreja conquiste tudo que Jesus já conquistou por Ela?

Pr. Evanildo Cardoso Nascimento
Ministério Rhema Shammah
milharesdemilhares@hotmail.com
 

Escrito por: Pr. Evanildo Cardoso (Maiores informações no final da página)
 
Expresse sua opinião sobre o texto acima:
Lembre-se que os artigos deste site não expressam diretamente a opinião do Apóstolo Ricardo Ribeiro, uma vez que temos um grande número de colunistas que, apesar de renomados escritores, representam diversas posições teológicas. No entanto, temos um cuidado especial para que neste site não seja defendida nenhuma heresia, por isso seu contato nos ajuda a manter a integridade de nossos estudos e o cuidado na escolha dos colunistas.
 
Nome: Email:
Assunto:
Escreva aqui a mensagem para nossa Administração, sobre o texto que você acabou de ler:
 
Outros artigos desta coluna:
A Sexualidade Segundo a Bíblia
Nossa Vida, Um Altar Para Deus
Quem Está No Comando?
Deus Prefere Te Ver Alegre
O que você tem feito com o que Deus te mandou fazer?
Enquanto o povo gritava GOL, a Dilma aprovava a LEI DA PALMADA
O Amor Que a Igreja Precisa
Onde existe um Acabe há uma Jezabel ...
O Dia Seguinte do Filho Pródigo
Olhe para a Bola e Tire o Olho da Torcida
 

O artigo acima é colaboração de " Pr. Evanildo Cardoso "
Pastor Evanildo Cardoso Nascimento é pastor do Ministério Rhema Shammah na cidade de Búzios/ RJ. O Ministério trabalha dentro da Visão Celular no Modelo dos Doze e é um ministério novo. Nossa Visão é alcançar as vidas e famílias e transformar homens e mulheres comuns em líderes de êxito.

 
   

 

 

Projeto FLECHA NO ALVO
Projeto SOLTA O QUE É MEU
Projeto CASAL SUPER
Ajude-nos a continuar:
BB Agência 4398-2 / CC 5525-5 Após depositar não deixe de nos ligar, gostaríamos de agradecer e orar por sua vida: (21) 99624-5227 - Apóstolo Ricardo Ribeiro

Libertação Financeira

[ adquirir ]


O Calendário de Deus - Uma Revelação de Batalha Espiritual

[ adquirir ]

 


Desenvolvido por CAQ / A2 Webstudio - Acesse: www.atendimentodequalidade.com.br