O ateu e o menino

O menino e o ateu

Um ateu perguntou ao menino:
– Quem adubou esse jardim?
O menino respondeu:
– Foi meu pai!
O ateu tornou:
– Mas não estou vendo seu pai.
– Então o senhor está afirmando que o jardim fez sua própria adubação?
– O que o senhor entende sobre causa e efeito?
– Menino, já chega! Seu pai não existe!
– O senhor está me dizendo que nasci de uma virgem? Isso é mais do que adubo espontâneo!

– Bem garoto, vou indo!
– O senhor não gostaria de conhecer meu pai?

Escrito por: Pr. Odair Alves de Oliveira